MAS

Início Nacional

Nacional

Por um candidato presidencial único à esquerda

Por um candidato presidencial único à esquerda

Carta Aberta a Sampaio da Nóvoa, Marisa Matias e Edgar Silva

A direita teve durante quatro anos o que sempre quis: um governo, uma maioria e um presidente. Cavaco, Passos Coelho e Paulo Portas aproveitaram estes anos para vender o país e castigar os trabalhadores pelos crimes dos seus amigos banqueiros.

Não basta nomear uma ministra negra. Há que mudar a cor das políticas!

Não basta nomear uma ministra negra. Há que mudar a cor das políticas!

São inéditos os tempos que se vivem na política portuguesa pós 25 de Abril. Confirma-se a tomada de posse do Governo liderado por António Costa com apoio parlamentar do PCP, do PEV e do BE.

Correr já com a direita e exigir de volta o que foi roubado!

Correr já com a direita e exigir de volta o que foi roubado!

Passos e Portas não podem governar nem mais um dia. São um governo odiado e criminoso, é isso que resulta das eleições. Devem até ser julgados por vender o país e roubar e humilhar quem trabalha. Não aceitamos nenhum governo de gestão. Se Cavaco tentar essa manobra, devemos sair à rua para o travar. A direita no governo, nunca mais!

O que está a negociar a esquerda?

O que está a negociar a esquerda?

Todos estamos a contar os dias para que o novo governo da direita seja demitido. Isso é motivo de festejo para todos os trabalhadores, pensionistas e jovens.

Não aceitamos o novo governo da direita!

Não aceitamos o novo governo da direita!

Os trabalhadores e o povo não podem aceitar o novo governo PSD/CDS.

O PS vai fazer um governo de esquerda?

O PS vai fazer um governo de esquerda?

As eleições do passado dia 4 de Outubro correram mal para o regime.

Pensar as eleições e preparar o contra-ataque da esquerda

Pensar as eleições e preparar o contra-ataque da esquerda

As eleições de dia 4 de Outubro merecem uma profunda reflexão da parte dos trabalhadores e dos revolucionários.

Porque é que o voto mais útil é na Coligação AGIR PTP-MAS?

Porque é que o voto mais útil é na Coligação AGIR PTP-MAS?

As sondagens mentem para dar à Coligação PSD/CDS um fôlego que não tem e para forçar o voto útil no PS.

Francisco Furtado: Porque é que apoio a Coligação AGIR-PTP-MAS?

Francisco Furtado: Porque é que apoio a Coligação AGIR-PTP-MAS?

Baseado no discurso proferido aquando da apresentação de candidaturas da Coligação Agir-PTP-MAS na sede do MAS em Lisboa.

O euro nestas eleições, o calcanhar de aquiles da esquerda

O euro nestas eleições, o calcanhar de aquiles da esquerda

Os debates televisivos tornaram-se o centro das eleições legislativas. Isso demonstra a verdadeira face desta democracia, onde têm voz os partidos escolhidos pelos grandes grupos de comunicação social, que estão apostados em manter o parlamento com a composição actual.

Sobre as agressões homofóbicas na festa do Avante!

Sobre as agressões homofóbicas na festa do Avante!

Após a última festa do Avante! surgiram várias denúncias de agressões por parte de seguranças (militantes do partido) a participantes da festa, com especial destaque para uma agressão a um jovem galego por homofobia. As acusações são muito graves, o relato descreve uma situação de tortura que mesmo regimes que roubam e oprimem a maioria da população, oficialmente condenam.

Sobre a nudez de Joana Amaral Dias: a posição de Gil Garcia

Sobre a nudez de Joana Amaral Dias: a posição de Gil Garcia

Reproduzimos aqui a notícia do Jornal Público, a qual contém a posição oficial do dirigente do MAS - Gil Garcia.

Debate entre Jerónimo de Sousa e Catarina Martins: para quê dividir a esquerda?

Debate entre Jerónimo de Sousa e Catarina Martins: para quê dividir a esquerda?

No dia 1 de Setembro, deu-se o primeiro debate televisivo para as eleições legislativas de 2015. Nele estiveram frente-a-frente Catarina Martins (BE) e Jerónimo de Sousa (PCP).

Em polémica com João Semedo, em defesa da Coligação AGIR

Em polémica com João Semedo, em defesa da Coligação AGIR

João Semedo, ex-coordenador do Bloco de Esquerda deu recentemente uma entrevista ao Jornal i. O dirigente bloquista teve de se afastar do parlamento por motivos de saúde e nisso estamos totalmente solidários com ele.

A “esquerda” representa os “de baixo”?

A “esquerda” representa os “de baixo”?

Em termos políticos, a oposição “esquerda - direita” representa um esquema geral de enquadramento das várias ideologias e partidos políticos.

mupi_travar_austeridade_x300.jpgmupi_prisao_e_confisco_x300.jpg

mupi_fim_privilegios_web150mupi_euro_afunda_web_150mupi_prisao_web150mupi_fim_privilegios_web150
Text size
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Contacta-nos

Email: mas@mas.org.pt

MAS nas redes sociais:

facebook_iconyoutube_icon

Boletim electrónico do MAS

Subscreve o boletim electrónico do MAS e com conta, peso e medida receberás informação das novidades da nossa página.