MAS

Início Internacional África Pela libertação dos escravizados na Líbia. Pelo fim das mortes no Mediterrâneo. Pelo fim da Europa Fortaleza.

Pela libertação dos escravizados na Líbia. Pelo fim das mortes no Mediterrâneo. Pelo fim da Europa Fortaleza.

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

escravatura_libiaAqui tão perto, do outro lado do mar, estão a ser escravizados negros africanos. A indiferença das instituições internacionais e dos representantes dos Estados é ensurdecedora.

Na Líbia, destruída pela NATO e por interesses do imperialismo internacional, aguardam em desespero milhares de pessoas para passar o Mediterrâneo, fugidas da pobreza, das guerras e crises ambientais provocados pelo capitalismo e neocolonialismo. Deste lado, há muitos anos que a União Europeia constrói-se como uma enorme fortaleza, com muros, grades, redes e mares vigiados que provocam a morte nas águas, nos desertos, nas prisões e causam miséria nos campos de detenção e de refugiados. A União Europeia e as Nações Unidas, nada ou pouco fazem para mudar esta situação. Na verdade, promovendo o neoliberalismo global e intervenções militares, com a NATO e os EUA, são responsáveis de aqui termos chegado. Esta grande barbárie provocada pelo neocolonialismo trouxe guerra, miséria e exploração. E agora, negros africanos estão a ser escravizados, agredidos, presos e mortos na Líbia. Por isso é preciso urgentemente:

- Libertar os negros africanos escravizados na Líbia.

- Punir exemplarmente estes crimes.

- Auxiliar os que desesperam no Norte de África.

- Permitir a passagem segura para a Europa.

- Acabar com a Europa Fortaleza.

 

 
Text size
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Contacta-nos

Email: mas@mas.org.pt

MAS nas redes sociais:

facebook_iconyoutube_icon

Boletim electrónico do MAS

Subscreve o boletim electrónico do MAS e com conta, peso e medida receberás informação das novidades da nossa página.